CHANEL NEWS

credits
credits

Circa 1935 © Tous droits réservés

invitation-to-the-voyage

Circa 1935 © Tous droits réservés

CONVITE PARA A JORNADA

O amor de Gabrielle Chanel pelo iatismo e pelo litoral proporcionou a ela oportunidades de fazer uma pausa em sua agitada vida em Paris, recarregar suas baterias e encontrar uma nova inspiração. Este passatempo luxuoso levou-a a destinos da moda na companhia de amigos, de Monte Carlo a Veneza. Fotografias desta época mostram-na radiante sob o sol do Mediterrâneo com o Duque de Westminster. Ela é retratada posando em seus iates Flying Cloud e Cutty Sark, vestindo calças plissadas ou bermudas e um colete masculino.

Uma impressionante imagem sépia a mostra descansando no convés, elegantemente vestida com uma simples camisa pólo e calças largas de linho. Com seu visual chique e descontraído, Gabrielle Chanel é a própria imagem da mulher moderna, uma mulher à frente de seus tempos.

00/2
closing-of-the-hyeres-festival

© Anne Combaz

ENCERRAMENTO DO FESTIVAL HYÈRES

Após quatro dias de criação apoiados pela CHANEL, a edição de 2018 terminou com o anúncio dos vencedores.

O Grande Prémio do Júri foi para os designers Rushemy Botter e Lisi Herrebrugh na categoria Moda, enquanto os designers de jóias Kate Fichard, Flora Fixy e Julia Dessirier conquistaram o Grande Prémio do Júri para Acessórios Fashion.

Os vencedores desta 33ª edição serão convidados a trabalhar com as CHANEL Métiers d'art para a próxima coleção.

credits
credits

© Anne Combaz

3-55-chanel-in-hyeres-podcast-with-lou-doillon

© Anne Combaz

3.55 CHANEL EM HYÈRES —
PODCAST COM LOU DOILLON

Lou Doillon é a própria definição de uma artista multifacetada: uma cantora / compositora, uma ilustradora, uma atriz e agora uma líder de banda, ela aprendeu a navegar entre diferentes processos criativos. Ela conta a Audrey Marnay sobre o papel das emoções nas composições e o tema mais inspirador de todos: o amor.

Escute o episódio em apple.podcast.com/chanel
#CHANELinHyères

hyeres-festival-podcasts-at-the-villa-noailles

PODCAST 3.55
NO FESTIVAL HYÈRES

No podcast 3.55 CHANEL em Hyères, os convidados do mundo da arte, cultura e moda compartilham com personalidades próximas à Casa sua visão sobre temas que são importantes a CHANEL: criatividade, arte, estilo e inspirações. Nesta nova série de episódios, gravada durante a 33ª edição do Festival de Hyères, festival de moda, fotografia e acessórios realizado no Villa Noailles no sul da França, a modelo e atriz Audrey Marnay explora o tema criatividade com artistas e membros do júri. De onde vem a criação? Nós nascemos criativos? Como você reinventa seu processo criativo? Jean-Pierre Blanc, Bettina Reims, Tilda Swinton, Lou Doillon e India Mahdavi definem sua percepção pessoal de criatividade.

Escute em apple.podcast.com/chanel
#CHANELinHyeres

00/7
lemarie-atelier-at-the-hyeres-festival

© Anne Combaz

ATELIÊ LEMARIÉ
NO FESTIVAL HYÈRES

Na Villa Noailles, Lemarié oferece aos freqüentadores do festival a oportunidade de assistir a uma oficina de bordados e descobrir as Métiers d'art CHANEL. Christelle Kocher, diretora artística da Casa e presidente do júri do Fashion Accessories, surgiu com o conceito de uma toalha de mesa branca, que cada visitante é convidado a detalhar com estampas bordados.

Estes são sempre florais ou inspirados nas plantas e são compostos dos materiais favoritos de Lemarié: strass, seda, algodão e Rhodoid. Renovar sua parceria com o Hyères Festival é uma maneira de Lemarié compartilhar suas habilidades e artesanato.

00/5
lemarie-exhibition-at-villa-noailles

© Anne Combaz

EXPOSIÇÃO LEMARIÉ
NA VILLA NOAILLES

No 33º Festival Hyères, no sul da França, a CHANEL presta homenagem à experiência única da fabricante de bordados de flores e plumas Lemarié. A exposição da Casa na Villa Noailles explora a relação entre design, artesanato, luxo e moda.

A exposição é projetada para mostrar as habilidades manuais precisas dos artesãos e artesãs: corte, crimpagem, colagem, montagem, curling, desfiar, dobrar e embutir. Uma estrutura de metal no meio da sala exibe fotografias em preto e branco, ilustrando as várias técnicas utilizadas. As plumas, adornos florais e dobrados criados no ateliê Lemarié, iluminam cada coleção de designs CHANEL.

Este convite para descobrir e apreciar a tradição artesanal de Lemarié é uma forma da CHANEL apoiar a transmissão de suas Métiers d'art.

credits
credits

© Olivier Saillant

summer-pop-up-boutique-in-saint-tropez

© Olivier Saillant

BOUTIQUE POP UP DE VERÃO
EM SAINT-TROPEZ

Saint-Tropez na Riviera Francesa encapsula o estilo de vida mediterrâneo. E é aqui nesta vila que a CHANEL, todos os anos nos últimos nove anos, abriu sua butique pop-up. Durante o verão, uma nova decoração é criada na mansão 'La Mistralée', localizada entre o Porto Velho e a Place des Lices. Nesta temporada, o interior é uma mistura de ornamentação áspera e crua e design geométrico, ecoando as docas de Hamburgo que inspiraram a coleção 2017/18 Métiers d'art. Paredes de metal com aberturas circulares mostram os projetos CHANEL. O espaço se estende a uma casa de piscina por um jardim sombreado com palmeiras e cactos.

Até dia 28 de Outubro
1, Avenida Général Leclerc
Saint-Tropez, França

villa-noailles-by-karl-lagerfeld

VILLA NOAILLES
POR KARL LAGERFELD

Localizado nas colinas que se erguem acima de Hyères, no sul da França, Villa Noailles é um centro de encontros artísticos. Projetado pelo arquiteto modernista Robert Mallet-Stevens entre 1924 e 1932, este edifício cubista está sempre imbuído do espírito dos artistas que visitaram a casa ou viveram lá, de Buñuel a Man Ray, Dalí e Cocteau. Karl Lagerfeld dedicou uma série de fotografias à vila, inspirada em sua arquitetura de vanguarda.

Com vista para a baía de Hyères, a casa dos patronos da arte Marie-Laure e Charles De Noailles tem um layout projetado livremente, proporcionando novos e incomuns pontos de vista. Concebida como residência de artistas, promove uma mistura de cultura e lazer, refletindo um novo estilo de vida. A partir de 1930, o De Noailles reuniu figuras do mundo da arte, moda, design e literatura sob o seu teto. É uma tradição que perdura até hoje, cortesia do Festival Hyères.

Compartilhar

O link foi copiado