CHANEL NEWS

chanel-and-austria-by-francoise-claire-prodhon

CHANEL E AUSTRIA
POR FRANÇOISE-CLAIRE PRODHON

A paisagem montanhosa, atmosfera e charme da Áustria cativou Gabrielle Chanel. Ela amava a natureza, esportes e atividades ao ar livre tanto como eventos culturais e da alta sociedade: Áustria ofereceu tudo. Em uma carta a Jean Cocteau em 16 de julho de 1922, ela escreveu: "Tzara está em Tirol - parece estar se sentindo melhor e feliz - talvez eu vá lá também". Como muitos artistas da época, Tristan Tzara estava lá com Max Ernst e Paul Eluard, outros membros do movimento Dada.
Desde meados do século XIX, Salzburgo e Tirol haviam se tornado os destinos mais desejáveis. Esta popularidade foi confirmada em 1920, quando o diretor Max Reinhardt, o compositor Richard Strauss e autor Hugo von Hofmannsthal criaram o Festival de Salzburgo, um festival de ópera anual de verão que atraia um público culto e elegante.

No início da década de 1930, Gabrielle Chanel gostava de visitar a famosa estação de esqui de Saint Moritz e foi lá que ela conheceu Baron Hubert von Pantz, um aristocrata austríaco arrojado. Elegante e cortês, ele tinha todas as características para encantar Gabrielle Chanel, com quem ela teve um caso de dois anos. Nesses primeiros anos da década de 1930, ele comprou Schloss Mittersill, um castelo que ele transformou em um hotel de luxo de prestígio.

Schloss Mittersill foi um sucesso instantâneo e, em 1936, a edição americana da revista Vogue referiu-se a ele como "o mais comentado lugar da Áustria". Com seus altos padrões e modos requintados, Hubert von Pantz atraiu os membros da elite, incluindo o duque de Gramont e a Marquesa de Polignac; mas também artistas como Marlene Dietrich, Douglas Fairbanks e Cole Porter, todos atraídos pelo ambiente requintado do hotel e seu caráter tradicional. Ele oferecia muitas atividades, desde golfe à caminhadas nas geleiras, como também compras, uma oportunidade para esses pretenciosos clientes comprarem roupas Loden tradicionais. Foi em Mittersill que Gabrielle Chanel notou as jaquetas impecáveis usadas pelos operadores do elevador do hotel ... A roupa que ela se lembraria no início de 1950, quando ela criou a jaqueta icônica Chanel, usada em 1961 por sua amiga austríaca, a atriz Romy Schneider ...

Françoise-Claire Prodhon

A atriz Romy Schneider durante uma prova de roupa com Gabrielle Chanel em 1961
Foto Giancarlo Botti ©BOTTI/STILLS/GAMMA

paris-salzburg-metiers-d-art-show

DESFILE PARIS-SALZBURG MÉTIERS D'ART

Desde 2002, a coleção anual Métiers d'Art da Chanel comemora o artesanato enquanto coloca os holofotes sobre as cidades que estão ligadas à história da Casa. Na sequência de Bombay, Edimburgo e Dallas, este ano a inspiração de Karl Lagerfeld vira para Salzburg, na Áustria.

Esta cidade, com o seu intrínseco apreço pela história e tradição, naturalmente se presta à coleção Métiers d'Art da Chanel que traz à tona os conhecimentos únicos do trabalho dos artesãos como, bijuterias de Desrues, penas e flores de Lemarié, bordados de Maison Lesage e Atelier Montex, sapatos de Massaro, chapéus de Maison Michel e cashmere de Barrie.

A coleção será apresentada no século 18, Schloss Leopoldskron, um dos palácios rococós mais notáveis na Áustria. Este castelo, localizado nas margens do Lago Leopoldskroner Weiher, foi ligado à rica vida artística e intelectual da sociedade de Salzburg e irá proporcionar um palco espetacular para a coleção que será apresentada na terça-feira 02 de dezembro.

O convite para o desfile Métiers d'Art Paris-Salzburg

the-metiers-d-art

MÉTIERS D'ART

Desde 2002, a coleção Métiers d'Art, mostrada todo ano em dezembro, foca no Ready-to-Wear - fora da programação oficial do evento - a fim de ilustrar o excepcional savoir-faire e trabalho dos artesãos, incluindo bijuterias e botões de Desrues, penas e flores de Lemarié, chapéus de Maison Michel, sapatos de Massaro, bordados de Lesage e Montex e luvas de Causse.

Todos os anos, Karl Lagerfeld captura a história de Chanel escolhendo uma cidade que está ligada ao passado ou presente da Casa e tornando-a o tema de sua coleção. Assim, Karl Lagerfeld comemora a virtuosidade dos ateliers e um savoir-faire especializado, enquanto reinterpreta os códigos da Chanel.

Os artesãos habilmente interpretam os esboços de Karl Lagerfeld estação após estação com a maior devoção. "Ele é feito de forma artesanal, no melhor sentido da palavra, porque em artesão há "arte". A arte de fazer bem as coisas. Uma arte aplicada. E isso é realmente maravilhoso. Acho que a imagem desta coleção é refletida através da delicadeza que tem de ser vista de perto, quase tocada, para entender como é feita e para realmente apreciar a beleza deste trabalho ", explica Karl Lagerfeld.

A fim de continuar o seu legado e experiência extraordinária, a Chanel é a única Casa que tem uma coleção dedicada e inteiramente separada para o Métiers d'Art. Há mais de dez anos, esta coleção foi consistentemente desenvolvida e agora, usufrui de sua própria identidade.

Disponível nas boutiques a partir de maio, a coleção Métiers d'Art, casa-se com a modernidade do savoir-faire artesanal e oferece aos clientes um elegante e requintado guarda-roupa de Ready-to-Wear. Os acessórios - bolsas, sapatos, bijuterias e até botões - são o resultado da atenção dada a cada detalhe.

As cidades de Tóquio, Nova Iorque, Monte-Carlo, Londres, Moscou, Xangai, Byzance, Bombay, Edinburgh, Dallas e logo Salzburg, serviram como cenário para as apresentações das coleções Métiers d'Art da Chanel.

Foto por Anne Combaz

TEASER DO “REINCARNATION”, O NOVO CURTA-METRAGEM POR KARL LAGERFELD

“Reincarnation” é o título do video clip criado e dirigido por Karl Lagerfeld para acompanhar a coleção Métiers d'Art 2014/15 Paris-Salzburg que será mostrada no dia 2 de dezembro de 2014 em Salzburg.

Esse novo curta-metragem foi a oportunidade perfeita para Karl Lagerfeld desenvolver uma colaboração artística com Pharrell Williams, um amigo próximo da Casa e amigo pessoal do designer. Na verdade, o artista não só compôs e escreveu a letra "CC The World", a trilha sonora original de "Reincarnation", como ele também interpreta um dos papéis principais e será juntamente com Cara Delevingne, o rosto da próxima campanha da coleção Métiers d'Art 2014/15 Paris-Salzburg.

Karl Lagerfeld dirige Geraldine Chaplin e Pharrell Williams para imaginar um novo episódio da vida de Gabrielle Chanel. Gabrielle Chanel está em férias nos subúrbios de Salzburg em 1954, quando ela encontra em seu hotel um jovem ascensorista cuja jaqueta viria a inspirar a icônica jaqueta Chanel.

"Era hora de mostrar as origens da jaqueta Chanel, inspirada na que o jovem ascensorista estava usando em um hotel perto de Salzburg em 1950 (...) "Reincarnation" é a história da reincarnação da jaqueta de um jovem ascensorista em uma peça feminina atemporal”, declarou Karl Lagerfeld.

"Reincarnation” é também a evocação de uma outra era, a do Império Austro-Húngaro, em que Karl Lagerfeld traz à vida por uma noite no coração da década de 1950.

Karl Lagerfeld acrescenta: “Nada disso teria sido possível sem Pharrell Williams, Cara Delevingne e Geraldine Chaplin. É o elenco perfeito. Pharrell é um gênio e Geraldine no melhor de seu papel como Gabrielle Chanel no ano de seu retorno.”

"Reincarnation" será exibido em Salzburg e no chanel.com no dia primeiro de dezembro de 2014, na noite anterior ao desfile Métiers d'Art 2014/15 Paris-Salzburg.

Compartilhar

O link foi copiado