CHANEL NEWS

credits
credits

© Anne Combaz

variations-on-beige-spring-summer-2016-collection

© Anne Combaz

VARIAÇÕES DO BEGE
COLEÇÃO PRIMAVERA-VERÃO 2016

“Gabrielle Chanel era a rainha do bege”, explica Karl Lagerfeld variando de off-white a ocre, marrom muito claro e tons crus de lã, linho e algodão, bege é um dos tons mais versáteis naturais. Ele oferece um equilíbrio perfeito entre o calor do marrom e o frescor do branco.

Com sinais de ecru, marfim, areia, cinza claro e mocha, o estilista apresenta as muitas faces de um dos tons favoritos de Gabrielle Chanel, em vestidos esvoaçantes, blusas e tecidos de musselina, bordados florais, casacos e saias.

“Eu uso o bege porque é natural”, ela costumava dizer. Um verdadeiro fascínio pela natureza foi refletido no interior de seu apartamento, onde bege foi a cor escolhida para móveis e tapetes, o que a fazia lembrar de "chão de terra". Ela usou-o em suas coleções, aplicando-a nos seus pijamas de jersey, nos ternos de tweed e nos sapatos.
Ela também o combinava com a elegância do preto e branco para criar um padrão de moda, que as mulheres adotaram por unanimidade e que Karl Lagerfeld passou a enriquecer com o seu próprio talento.

credits
credits

© Julien Mignot

wooden-embroideries

© Julien Mignot

BORDADOS DE MADEIRA

Karl Lagerfeld usou madeira sob a forma de cortes, fragmentos, lantejoulas e pérolas para adornar a coleção de Alta Costura primavera-verão 2016.

"Tivemos que fazer tudo, porque não há lantejoulas em madeira, palha e pedaços como estes... Nós tivemos que fazer tudo. Normalmente, eles fazem o bordado com o material existente. Tivemos que criar o material porque eles não existem."

Compartilhar

O link foi copiado