CHANEL NEWS

exhibition-agenda-tribute-to-the-marchesa-luisa-casati-in-venice
exhibition-agenda-tribute-to-the-marchesa-luisa-casati-in-venice

AGENDA DA EXPOSIÇÃO: HOMENAGEM A MARCHESA LUISA CASATI EM VENEZA

“A Divina Marchesa. Vida e arte de Luisa Casati de Belle Epoque até os anos de farra.”

"Eu quero ser uma obra de arte viva", disse Luisa Casati Stampa. Ela realizou seu desejo ao longo de sua vida extravagante que encantou a sociedade europeia no início do século 20 - vestindo cobras vivas como joias ou colares feitos de lâmpadas, jantando com manequins de cera, desfilando com um par de leopardos em coleiras de diamantes. Um dos lugares mais significativos da vida da Divina Marchesa, o Palazzo Fortuny, em Veneza, está hospedando a primeira exposição importante dedicada inteiramente a ela. Há mais de 100 obras entre pinturas, desenhos, joias, esculturas e fotografias emprestadas de coleções particulares e museus internacionais.

A exposição reconstrói - por meio de constantes referências cruzadas - as relações sociais e artísticas que preencheram a vida de Luisa Casati Stampa. Por meio século, ela era uma lenda viva, uma dark lady, uma grande colecionadora e patrona de arte e musa dos Simbolistas, Fauvistas, Futuristas e Surrealistas: uma personificação surpreendente e intrigante da modernidade e uma vida de excessos que ainda inspira artistas, sendo levada à casas de alta costura de hoje, como a Chanel.

Um esboço de Karl Lagerfeld e um vestido da coleção Cruise 2010 estão expostos no museu.

Até março de 2015.

Palazzo Fortuny, San Marco 3958, 30124 Veneza


Esboço por Karl Lagerfeld

Media 1
Media 2
Media 3
Media 4
Media 5
Media 6
Media 7
Media 8
Media 9
Media 10
Media 11
Media 12
Media 13
Media 14
Media 15
Media 16

00/16

backstage

BACKSTAGE

Desfile da coleção Ready-to-Wear primavera-verão 2015.

Fotos por Benoit Peverelli

1. I'M NOT SCAREDPet Shop Boys
00:34
  • 1. I'M NOT SCARED00:34
    Pet Shop Boys
  • 2. TRANSPERU00:31
    Koudlam
  • 3. E-VERSIONS00:32
    Kahn
  • 4. IT'S ALRIGHT00:29
    Pet Shop Boys

PLAYLIST DO DESFILE POR MICHEL GAUBERT

ENTREVISTAS COM CELEBRIDADES

Primeiras impressões depois do desfile de Ready-to-Wear primavera-verão 2015 em Paris. Entrevistas por Natasha Fraser-Cavassoni.

 

spring-summer-2015-ready-to-wear-by-francoise-claire-prodhon
spring-summer-2015-ready-to-wear-by-francoise-claire-prodhon

READY-TO-WEAR PRIMAVERA-VERÃO 2015
POR FRANÇOISE-CLAIRE PRODHON

O desfile de Ready-to-Wear primavera-verão 2015 nos transportaram para um típico boulevard parisiense, milagrosamente erguido sob a cúpula de vidro do Grand Palais, onde 80 modelos casualmente passeavam pela "Avenida Chanel", enquanto recebiam um número infinito de olhares na nova coleção que estavam usando.

A coleção é definitivamente otimista e rica, com uma variedade de proposições que Karl Lagerfeld usou para definir o tom desde o início: essas mulheres Chanel são de espírito livre e ousado; progridem além de meras normas sociais; elas são independentes, modernas e ativas, na própria imagem de Gabrielle Chanel. Profundamente enraizadas nos dias de hoje, elas andam nas ruas das principais cidades com passos longos e confiantes.

Com seus terninhos de tweed complementados por gravatas de seda vibrantes, estas mulheres profissionais são uma mistura perfeita de masculino e feminino. Seu estilo elegante e confortável é inspirado pela moda masculina com blazers trespassados e casacos boxy, calças de boca larga e botas baixas. No entanto, a essência permaneceu feminina, através de uma paleta de cores vibrantes (laranja, rosa, roxo, azul, verde) e estampas extravagantes (florais, aquarela) usadas em blusas, gravatas e cachecóis, assim como botas e sapatos. A saia fez par com botas de tecido estampado; blusas leves e suaves foram pontuadas com golas alongadas e bermudas listradas para dar à elas um toque urbano. Sandálias abertas derby fechadas por uma tira no tornozelo apareceram em couro dourado e preto, couro preto e branco, como também nas versões de cetim preto. Cores emblemáticas da Chanel como preto, branco e azul marinho serviram como base deste guarda-roupa fácil de usar.

De longos casacos de tweed forrados com seda estampada à macacões cáqui de camurça inspirados nos militares, uma malha com listras de marinheiro que é tão leve para um look na cidade como na praia, blusas leves, rendas e vestidos bordados com pequenas flores. O foco do verão 2015 será sobre os ventos de liberdade que sopraram durante os anos de 1968-1970. Toda a coleção é um jogo de proporções, camadas e transparência. Charmosas blusas brancas com gola ampla são usadas com cinto dourado para ajudar a dar à bermuda um toque feminino.

Nos acessórios da coleção foi acrescentado um toque extravagante e humorístico à mensagem de liberdade: as clutches foram estampadas com mensagens como "Féministe mais Féminine" e "Make Fashion not War." Uma nova bolsa incorporando todos os códigos da jaqueta Chanel (tweed, trança, botões) fez a sua estreia com alças de couro macio que permitem que ela seja usada por cima do ombro ou amarrada na cintura.

Foto por Olivier Saillant

O VÍDEO DO DESFILE - EDIÇÃO CURTA

Veja o vídeo completo do desfile no chanel.com

Compartilhar

O link foi copiado