CHANEL NEWS

handbag-stories-camera-case

HISTÓRIAS SOBRE BOLSAS:
CAMERA CASE

A Camera Case CHANEL, inspirada por cases de fotógrafos e repórteres, apareceu pela primeira vez nas coleções dos anos 80. A costura em formato de diamante de Gabrielle Chanel foi inspirada no mundo equestre e apresenta uma corrente imediatamente reconhecível, idêntica à da bolsa 2.55.

Nesta última coleção, a Camera Case traz amuletos que ecoam símbolos de sorte que Gabrielle Chanel gostava de incluir em seus designs.

handbag-stories-vanity-case

HISTÓRIAS SOBRE BOLSAS:
NECESSAIRE

Como uma versão em miniatura do acessório de viagem, este design renova o universo criativo de Gabrielle Chanel. A Necessaire, lançada em 2016, apresenta um cadeado e uma chave invisíveis à primeira vista, como uma caixa de joias. Equipada com duas alças, ela pode ser carregada no ombro ou segurada na mão.

Para a coleção Primavera-Verão 2018, a bolsa vem em tweed e couro exótico.

handbag-stories-embroidered-tweed

HISTÓRIAS SOBRE BOLSAS:
TWEED BORDADO

A ambição de Gabrielle Chanel era permitir que os corpos das mulheres tivessem uma sensação de liberdade. Quando ela criou para a bolsa 2.55 em fevereiro de 1955, uma data que emprestou seu nome ao acessório visionário, ela surgiu com um design deliberadamente prático, usado transpassado como uma mochila de caçador ou soldado. Anos mais tarde, Karl Lagerfeld conjurou a bolsa Clássica, inspirada na 2.55. Acrescentando o emblemático duplo C da CHANEL ao fecho e entrelaçando o couro na correia da corrente.

Para a coleção Primavera-Verão 2018, a bolsa vem bordada em tweed, dando uma nova textura a peça.

[popin-share-title]

O link foi copiado