CHANEL NEWS

handbag-stories-embroidered-tweed

HISTÓRIAS SOBRE BOLSAS:
TWEED BORDADO

A ambição de Gabrielle Chanel era permitir que os corpos das mulheres tivessem uma sensação de liberdade. Quando ela criou para a bolsa 2.55 em fevereiro de 1955, uma data que emprestou seu nome ao acessório visionário, ela surgiu com um design deliberadamente prático, usado transpassado como uma mochila de caçador ou soldado. Anos mais tarde, Karl Lagerfeld conjurou a bolsa Clássica, inspirada na 2.55. Acrescentando o emblemático duplo C da CHANEL ao fecho e entrelaçando o couro na correia da corrente.

Para a coleção Primavera-Verão 2018, a bolsa vem bordada em tweed, dando uma nova textura a peça.

handbag-stories-boy-chanel

HISTÓRIAS SOBRE BOLSAS:
BOY CHANEL

Inspirada nos cartuchos de caçadores que Mademoiselle costumava usar cross body, a bolsa Boy CHANEL incorpora uma elegância andrógena. Criado por Karl Lagerfeld, o design icônico deve seu nome ao primeiro amor de Gabrielle Chanel, Boy Capel.

As linhas limpas da bolsa, a forma retangular e o fecho marcante conferem-lhe uma aparência vanguardista. Graças à sua alça de corrente, pode ser usado de várias maneiras para conjurar um estilo adequado para hoje ou para o futuro.

handbag-stories-chanel-s-gabrielle-bag

HISTÓRIAS SOBRE BOLSAS :
BOLSA CHANEL GABRIELLE

A bolsa CHANEL GABRIELLE reúne dois materiais e expressa o estilo masculino / feminino tão importante a Gabrielle Chanel, de quem recebe o nome. Uma criação recente de Karl Lagerfeld, a bolsa se inspira em óculos de realidade virtual, dando a ela um visual contemporâneo. Uma base rígida e um corpo macio aumentam os múltiplos contrastes. Graças à dupla corrente de metal prateada e dourada, pode ser usada de diferentes formas: longa ou curta, no ombro, cruzada ou ambos.

Compartilhar

O link foi copiado