chanel-haute-couture-house-since-1913

CHANEL,
CASA DE ALTA COSTURA DESDE 1913

A Alta Costura nasceu durante o Segundo Império na Rue de la Paix no coração de Paris. O inglês Charles-Frédéric Worth abriu sua Casa em 1858. Ele demonstrou sua inovação, rejeitando o regulamento de designer de moda como um "fornecedor" e adotando como um "criador", assim, em seus salões luxuosos, apresentou às clientes coleções autênticas de moda. Neste momento, Paris estava cheia de pequenos comércios dedicados a beleza (bordadeiras, fabricantes de pluma, fabricantes de botão, sapateiros, chapeleiros, fabricantes de luvas, etc.) e desfrutou da reputação de única capital do mundo em que a elegância reinou.

Em 1945, várias regras específicas definiram o estatuto da Alta Costura. Atualizado ao longo dos anos, ele sobreviveu o tempo, tornando a Alta Costura referência absoluta para uma sutil mistura de tradição e inovação. As especificações exigem que os modelos originais devam ser criados pelo designer permanente da boutique. Eles devem ser criados em seus próprios ateliês, que devem ter um mínimo de 20 funcionários. Cada estação, nas datas estabelecidas pela Chambre Syndicale de la Haute Couture, a Casa deve apresentar uma coleção de pelo menos 35 looks, sendo eles para o dia e para noite.

Como um portador de conhecimentos únicos e manutenção da tradição, a Alta Costura se destaca pela perfeição de todos os detalhes que lhe dão um caráter singular e raro. É também um laboratório repleto de idéias e criatividade, em que a qualidade e perfeição de seus cortes não modificam com o tempo.

Atualmente, Chanel é a mais antiga Casa de Alta Costura operacional.

© Photo All Rights Reserved, Chanel ateliers circa 1935

Compartilhar

O link foi copiado