paris-salzburg-metiers-d-art-show-by-francoise-claire-prodhon-

DESFILE PARIS-SALZBURG MÉTIERS D'ART
POR FRANÇOISE-CLAIRE PRODHON

Chanel apresentou a coleção Métiers d'Art Paris-Salzburg 2015 em um glorioso cenário Rococo no castelo Leopoldskron. O desfile teve como inspiração a história austríaca, da Imperatriz Elisabeth "Sissi", que em seu tempo, era admirada por sua elegância e beleza, assim como pelos seus trajes tradicionais, o Lederhosen e o Dirndl (trajes típicos tirolês), os quais em conjunto com o luxo moderno inspiraram Karl Lagerfeld, usando uma paleta de cores elegante e descontraída ao mesmo tempo. A peça de assinatura da coleção é a jaqueta de quatro bolsos inspirada nas roupas que Gabrielle Chanel teria visto nos ascensoristas do hotel Mittersill durante suas estadias na Áustria. Isso inspirou ainda mais os looks da coleção de jaquetas boxy em conjunto com calças largas e listras contrastantes, relembrando um look estruturado, tipo uniforme.

Casacos largos, capas e casacos cumpridos revelam uma dobra na parte de trás que replicam o tradicional casaco Loden, com tiras de couro, bordados de ouro, plumas e apliques de flores que remetem o período Austro-Húngaro. As malhas são pontuadas com a flora dos Alpes, enquanto o famoso Lederhosen austríaco faz par com calças curtas de couro e também é reinventado como bolsas. Uma rica paleta que apresentou as cores icônicas, branca, vermelho, azul marinho e preto, reforçada com tons como verde floresta, verde cáqui, cinza claro e marrom. Sofisticada mas descontraída, a coleção foi intencionalmente contemporânea. Karl Lagerfeld explora o estilo austríaco, apresentando sofisticação através do savoir-faire dos ateliers Chanel. Bordados, plumas e plissados são criados com delicadeza para dar a esta coleção um toque romântico. Tweed, couro e cashmere junto com o loden e feltro, são misturados com cetim, faille, tafetá e rendas para dar à coleção um toque novo e jovem.

As modelos desfilaram com mocassins enfeitados com Edelweiss, tamancos com tiras no tornozelo e botas lace-up na altura da coxa, chapéus cobertos de plumas e protetores de ouvido tipo fones que parecem as tranças enroladas de Heidi. As jóias da coleção comemoram tudo o que é dos Alpes, como teleférico, relógio cuco e Edelweiss. Roupas pretas e brancas, muitas vezes bordadas com flores prevalecem nos looks de noite. Corpetes, ruffs e plissados suavizam a estrutura dos vestidos, que são finalizados com botas de couro de verniz para um estilo inovador.


Françoise Claire Prodhon

Foto by Benoit Peverelli

Compartilhar

O link foi copiado