desfile croisière
2021/22

carrières de lumières
les baux-de-provence

Veja o filme

Ao evocar a simplicidade, a precisão e a poesia do "Testamento de Orfeu " de Jean Cocteau, a Coleção Croisière 2021/22 da CHANEL, imaginada por Virginie Viard, reflete a modernidade eterna do preto e branco. No coração das paredes calcárias das Carrières de Lumières, na luz suave de Baux-de-Provence, a Coleção joga com contrastes, entre os anos 60, o rock e o punk.

Uma performance musical
por Sébastien Tellier acompanhado de convidados

O filme do Desfile Croisière 2021/22 foi seguido por uma apresentação musical do artista e embaixador da CHANEL, Sébastien Tellier. Para celebrar a coleção imaginada por Virginie Viard, o músico convidou ao palco os embaixadores e amigos da Maison Vanessa Paradis, Angèle, Charlotte Casiraghi e Juliette Armanet, para uma pausa artística intimista no coração de Baux-de-Provence.

Veja o filme

Primeira Antevisão da Colecção.

Dirigida por Inez & Vinoodh, a modelo Lola Nicon evolui no apartamento de Gabrielle Chanel no 31 rue Cambon, em Paris, numa série magnética de imagens em movimento.

Veja o filme
Veja mais

De Cocteau a Coco.
Do bestiário do apartamento de Gabrielle Chanel ao “Testament d'Orphée” de Jean Cocteau.
Dois espíritos livres com universos únicos e um herbário de Provence que o convida a viajar.

O filme do Desfile CHANEL Cruise 2021/22 nas Carrières de Lumières será revelado na Terça-feira, 4 de Maio, às 18h KST.

read more

A few letters, and a star.
The one that Jean signed his admirable missives to his “Dear Coco”.
The one that Mademoiselle sent him in return for his Immortal's Sword [a ceremonial sword awarded by the Académie Française], in the centre of a lyre, “a little absinthe star fallen from the sky of our friendship”, he wrote to her. This star was an emerald, and it watched us.

In “Testament of Orpheus”, the eye plays an important role, as does knowing how to see. With all one's soul. For Cocteau, only the invisible can really be seen.

Now close your eyes, then open them wide. So that you can finally, as Cocteau says in “Testament of Orpheus”, “dream the same dream together”. In this place of shadow and light.

Ler menos

O apartamento de Gabrielle Chanel no 31 rue Cambon, em Paris,
pelo olhar de Inez & Vinoodh

photographs by inez & vinoodh

O Testamento de Orpheus
© 1959 Studiocanal - Todos os direitos reservados

'Lucien Clergue, O cavaleiro no' Testamento de Orpheus 'de Jean Cocteau, CARRIÈRES DES BAUX-DE-PROVENCE 1959 © ATELIER LUCIEN CLERGUE 2021

Com um agradecimento especial ao Comité Jean Cocteau

IIustração de Luke Edward Hall