EPISÓDIO 5

O MEL ENZIMÁTICO DE MELIPONA
DA COSTA RICA

"Identificámos o mel enzimático de melipona, que tem sido utilizado há gerações por tradição secular."


A abelha melipona, uma das mais pequenas espécies do mundo, produz um mel raro e precioso. No seu laboratório ao ar livre na Costa Rica, a Investigação da CHANEL colhe o excedente deste néctar, o mel enzimático de melipona, produzido em quantidades mínimas em parceria com a Alianza Campesina Flora Nueva. Desde a colmeia até ao frasco, este ativo está presente no núcleo dos produtos de tratamento de alta tecnologia da linha LE LIFT PRO.  

xxx
xxx
xxx

UM LABORATÓRIO AO AR LIVRE NA COSTA RICA

Na Costa Rica, uma cadeia de abastecimento exclusiva e localizável, criada pela CHANEL em parceria com a Alianza Campesina Flora Nueva, permite recolher o mel enzimático de melipona, de abelhas meliponas, de modo a respeitar a biodiversidade, colhendo apenas o mel excedente e não destruindo qualquer colmeia. Neste laboratório ao ar livre, os apiários inovadores, chamados meliponários, são feitos à medida.

xxxxxx

DA COLMEIA PARA O FRASCO

A melipona é uma das abelhas mais pequena do mundo, sem ferrão e encontrada exclusivamente em zonas tropicais. Produz um mel, cujo excedente é colhido uma vez por ano na Primavera e em quantidades mínimas: entre 300 g e 2,5 kg por ano e por colmeia. 

Altamente concentrado em aminoácidos, o mel enzimático de melipona revela propriedades biológicas únicas e elimina 99% dos fibroblastos desvitalizados* e multiplica a qualidade da malha cutânea por 2,2**.

* Teste in vitro em células cutâneas senescentes.

** Teste ex vivo: melhoria da qualidade da matriz extracelular avaliada após 72 horas de tratamento com o mel de melipona e medida através da quantificação da intensidade do azul após coloração com o tricromo de Masson.

xxx
xxx
xxx

UM ATIVO RARO E PRECIOSO

Foram necessários três anos para que a Investigação da CHANEL identificasse o mel enzimático de melipona.
Graças a um processo de microfiltração, este precioso ingrediente preserva todas as suas propriedades e confere a sua eficácia aos novos produtos de tratamento Le LIFT PRO para reforçar a malha cutânea.


« O mel tem a capacidade de ativar mais de 70 mecanismos biológicos. Observámos que estes mecanismos estavam ligados aos sinais visíveis do envelhecimento cutâneo.

Em LE LIFT PRO, visa os sinais mais avançados do envelhecimento da pele. »

xxxxxx

OUTROS EPÍSÓDIOS