Desfile de Alta Costura

Desfile
Alta Costura

Ver o filme

A pintura está em destaque na coleção de Alta Costura Outono-Inverno 2021/22 de CHANEL imaginada por Virginie Viard, apresentada no coração da arquitetura neo renascentista do Palais Galliera. Como tantas musas, as modelos desfilam vestidas com silhuetas criadas graças ao know-how excecional das oficinas de Alta Costura, desde tailleurs em tweed multicoloridos inspirados no movimento impressionista aos vestidos bordados com flores que evocam jardins ingleses.

Conversas com Caroline de Maigret

Ver o filme

Para o desfile de Alta Costura Outono-Inverno 2021/22, a embaixadora da CHANEL, Caroline de Maigret, anima uma série de conversas entre amigas e embaixadoras da Casa.

Margaret Qualley e Sofia Coppola, Anna Mouglalis e Anamaria Vartolomei, Alma Jodorowsky e Karidja Touré, Daisy Edgar-Jones e Lyna Khoudri, Soo Joo Park e Blesnya Minher, bem como Laura Bailey e Chloe Wise, partilham as suas ideias sobre a coleção.

Primeiro esboço da coleção

Ver o filme

Personificando uma infinidade de musas, Margaret Qualley evolui na arquitetura neo renascentista do Palácio Galliera, cenário para o desfile de Alta Costura Outono-Inverno 2021/22 de CHANEL.

Filme dirigido por Sofia Coppola.

Fotografias de Mikael Jansson

Primeiro esboço da coleção

Ver o filme

Personificando uma infinidade de musas, Margaret Qualley evolui na arquitetura neo renascentista do Palácio Galliera, cenário para o desfile de Alta Costura Outono-Inverno 2021/22 de CHANEL.

Filme dirigido por Sofia Coppola.

Fotografias de Mikael Jansson

Poucos dias antes do desfile de Alta Costura Outono-Inverno 2021/22 CHANEL, que acontecerá no Palais Galliera, no Museu da Moda da Cidade de Paris, o fotógrafo Mikael Jansson captou os gestos das costureiras que dão vida à coleção. Momentos preciosos da moda, fotografados a preto e branco cores intemporais no coração dos ateliers de Alta Costura da CHANEL, na rue Cambon 31.

TEASER

Ler mais

Musa, museu, moda.
Cantamos muito os museus e mas muito pouco as musas.
Talvez porque raramente são vistas?
Mas quando tiver essa oportunidade ...
Veja com atenção, aí, atrás dessas colunas onde a luz brinca com a sombra, aparecem e desaparecem por trás da redondeza cinzelada da pedra, vestidas de tweed e seda onde brincam flores, joias, joias que são flores.
Vê-las avançar, admiráveis inspiradoras, a cintura tão bem arrumada nestes veludos incrustados de pérolas, ou soltos sob as pregas, caminhando como estátuas ganham vida entre os que não o são - alegorias da Pintura, Escultura, Arquitetura - neste palácio que ganha vida sob as chamas da beleza, do ritmo e do fascínio.

Musas da moda que encantam um museu: Galliera!
Nome mágico, fragrância lendária. O de uma duquesa de olhos azuis nascida em Gênova, que queria oferecer às obras-primas da sua coleção um cenário digno na Cidade Luz. Pinturas flamengas, espanholas, italianas, móveis franceses do século XVIII, porcelanas de Sèvres, relógios preciosos onde o tempo parava como neste peristilo claustral, onde as colunas elevam-se em direção ao céu e enrolam-se.
Um palácio mágico que combinaria os sonhos de mármore de Andrea Palladio e a ferraria visionária de Gustave Eiffel, as escadas e os jardins, e que seriam italianos e franceses, renascentistas e belle époque, oníricos e habilmente arquitetados. Um sonho de museu, agora restaurado ao seu esplendor graças à Maison CHANEL e que hoje abriga, sob os seus tijolos vermelhos e abóbadas de cantaria, os tesouros mais formidáveis da história da moda, do século XVIII aos dias de hoje.

Vestidos de dia e de noite, casaquins e roupas da corte, chapéus e luvas, e até corpete de Maria Antonieta recomendado por Rose Bertin, “Ministra da Moda”… Tafetá de seda azul, cetim verde, renda prateada dourada, cortes tão graciosos, vitoriosa sobre Tempo. Se a roupa tem a sua história, a História tem a sua roupa, exposta nas “Galerias Gabrielle Chanel” através do mecenato colocado sob o signo da arte, do gosto e do estilo, fazendo de Galliera o primeiro percurso permanente dedicado à história da moda em Paris.

A prova, se necessário, de que ainda está em casa em Paris, e que ainda hoje triunfa graças ao passo alegre dessas musas da Alta Costura, ali, atrás dessas colunas onde a luz se diverte.

Fotografia de Mikael Jansson

Ver o teaser
Ver o Teaser
Ver o Teaser

Agradecimentos: Museus de Paris e Palais Galliera, Museu da Moda da cidade de Paris.

Preço recomendado. Para informações legais clique aqui