Métiers d'art 2022/23

Nos ateliers das maisons d'art

Bordados, lantejoulas, chapéus, penas e paixão no trabalho… Este episódio da série documental de Kourtrajmé abre as portas das Maisons d'art no le19M em Paris/Aubervilliers. Entrar no novo prédio dedicado ao savoir-faire é testemunhar as habilidades virtuosas dos Diretores Artísticos e artesãos e sua devoção aos detalhes enquanto criam a coleção CHANEL Métiers d'art 2022/23 – DAKAR.

Os diretores artísticos das Maisons d'art também compartilham suas experiências de colaboração com Virginie Viard e apresentar uma coleção em Dakar pela primeira vez.

Veja o filme

As Maisons d'art reúnem várias centenas de bordadeiros, artesãos de plumas, parreiros, ourives, plisseiros, sapateiros, chapeleiros.
Seu savoir-faire está no centro de cada coleção, especialmente no coração da coleção Métiers d'art, destacando seu trabalho desde 2002.

Leia mais

ATELIER MONTEX,

bordadeira desde 1939

Combinando tradições ancestrais com a criação contemporânea, esta é a magia do ateliê de bordados Montex. Os motifs sofisticados, modernos e preciosos que contribuem para ampliar as coleções CHANEL são todos feitos com o trabalho de agulha, um gancho de crochê de Lunéville ou com a Cornely, uma máquina de bordar centenária guiada pela mão. A Montex juntou-se aos Métiers d'art da CHANEL em 2011.

Leia menos
Leia mais

Massaro,

sapateiro desde 1894

Desde a forma a montagem, a linha que costura a parte superior a sola, os sapatos concebidos por Massaro para CHANEL são inteiramente feitos à mão, numa busca perpétua de elegância e conforto. A colaboração entre CHANEL e Massaro começou em 1957 com o emblemático sapato de duas cores de Gabrielle Chanel e tem continuado de desfile em desfile desde então. Massaro se juntou aos Métiers d'art CHANEL em 2002.

Leia menos
Leia mais

Goossens,

ourives desde 1950

Gestos precisos, trabalho minucioso, proporções exatas, aperfeiçoando o objeto... As habilidades técnicas de Robert Goossens evoluíram entre a escultura e a ourivesaria, a partir de 1954, quando recriou a joalheria bizantina com Gabrielle Chanel, e mais tarde quando desenhou alguns dos móveis do apartamento dela na Rua Cambon, 31. A Maison Goossens perpetua a herança de seu fundador e hoje continua a responder à imaginação de CHANEL. Goossens se juntou aos Métiers d'art CHANEL em 2005.

Leia menos
Leia mais

Lemarié

Fabricante de penas desde 1880 e produtor de flores

Desde a década de 1960, as camélias emblemáticas de CHANEL - como todos os ornamentos florais de Lemarié - são montadas à mão, pétala por pétala. Nas oficinas totalmente livres de correntes de ar do le19M, braçadas de penas são separadas uma a uma, depois penteadas, enroladas ou alisadas, coladas ou mesmo tecidas. Parceira vital da CHANEL para suas coleções, Lemarié também se destaca na produção de alta costura e cria incrustações, babados, batas e pregas notáveis. Lemarié se juntou aos Métiers d'art CHANEL em 1996.

Leia menos
Leia mais

Maison Michel,

fabricantes de chapéus desde 1936

A Maison Michel é a herdeira de um savoir-faire comprovado em Paris desde o século XIV, preserva e transmite os segredos do ofício de fabricante de chapéus. Nos seus ateliers le19M, bonés e abas são feitos à mão em 3.000 formas de madeira de tília antes de serem decorados com fitas, flores, penas ou outros adornos pelas modistas da Maison. A Maison Michel juntou-se ao Métiers d'art da CHANEL em 1997. As suas camisas de marinheiro, de vela, gorros e boinas estão todas de acordo com os códigos CHANEL e acessórios de cada coleção

Leia menos
Leia mais

Lesage

BORDADEIRA DESDE 1924 E FABRICANTE DE TWEED

Uma lenda criativa que colaborou com os maiores costureiros, Lesage desenha e borda padrões suntuosos. Desde 1996, também reinventa o tweed tão caro à CHANEL, misturando fios de lã com os materiais mais inesperados. Parceira da CHANEL desde 1983, Lesage se juntou aos Métiers d'art CHANEL em 2002 e continua esse diálogo criativo sob o ímpeto de Virginie Viard. No le19M, Lesage reúne os seus ateliês, a sua coleção única de amostras e a sua escola, onde as bordadeiras transmitem os segredos do seu savoir-faire às gerações mais novas.

Leia menos
Leia mais

Les Ateliers Lognon,

plissador desde 1853

Reclinados, planos, em sol, Watteau ou em pavão... Lognon tem mais de 3.000 moldes de pregas em cartão kraft, como origamis. Alguns têm mais de cem anos, outros acabam de ser criados, porque os artesãos de Lognon estão constantemente à procura de novas dobras, particularmente para o Estúdio de criação da CHANEL. Dar forma e movimento aos mais variados tecidos é uma habilidade virtuosa, uma operação a quatro mãos em perfeita sincronia que requer força física, extrema meticulosidade, experiência de toque e conhecimento especializado das especificidades do tecido. Lognon se juntou à Maison Lemarié e aos Métiers d'art de CHANEL em 2013.

Leia menos

TODOS OS LOOKS

Preço recomendado. Para informações legais clique aqui